Agência Portuguesa do Ambiente: Visita ao projecto ACECA – Acções para o controlo e eliminação do jacinto de água no troço transfronteiriço do rio Guadiana.

A Agência Portuguesa do Ambiente através do seu Departamento de Administração da Região Hidrográfica do Alentejo (APA/ARH do Alentejo) no âmbito do Projecto ACECA – Acções para o Controlo e Eliminação do jacinto de água no troço transfronteiriço do rio Guadiana, financiado pelo Programa de Cooperação Espanha-Portugal do INTERREG (POCTEP), como parceiro no projecto, é responsável pela eliminação do buraco existente na margem esquerda do rio Guadiana, onde se encontra a barragem do Monte da Vinha, na província de Elvas.

Este projecto, desenvolvido em parceria com a CONFEDERACIÓN HIDROGRÁFICA DEL GUADIANA (CHG), JUNTA DE EXTREMADURA (JEX), através da DIRECCIÓN GENERAL DE MEDIO AMBIENTE (DGMA) e EMPRESA DE DESENVOLVIMENTO E INFRA-ESTRUTURAS DO ALQUEVA, S.A. (EDIA), visa desenvolver um plano de combate às espécies invasoras de jacintos de água (Eichhornia crassipes), através de acções conjuntas de coordenação entre as administrações de ambos os países e com um protocolo que unifica os critérios de acção, numa secção transfronteiriça do rio Guadiana, com a extensão do rio, objecto de um projecto que está a ser desenvolvido a jusante de Mérida, entre a albufeira do Montijo, em Espanha, e a albufeira do Alqueva, em Portugal.

No âmbito deste projecto, uma visita técnica dos representantes nacionais da Unidade Regional INTERREG-POCTEP terá lugar no dia 21 de Outubro à sede das acções levadas a cabo pela Agência Portuguesa do Ambiente, I.P., para verificar os trabalhos em curso.

Note-se que a acção implementada pela APA no âmbito do projecto tem um custo de 181.942 euros e é financiada pelo INTERREG-POCTEP no montante de 136.457 euros.